Etapa 7: Porto de Mougás – Saians

Subscrever a Newsletter
Subscrever a Newsletter
Nome*
Email*
* I agree with Terms of Service and Privacy Statement.
Please agree to all the terms and conditions before proceeding to the next step
Save To Wish List

Adding item to wishlist requires an account

3631
  • 7 horas
  • Quilómetros
    25 km
  • Urbano
  • 5
  • 341 m

A etapa Porto de Mougás – Saians é uma aventura por descobrir. Ao começarmos na pequenas povoação, seguimos por uma estrada pouco movimentada até chegarmos a uma subida por terra batida. Aqui avança a aventura pelo dia. 

 

A partir daqui vai ser sempre a subir, onde vemos uma das vistas mais deslumbrantes da carreira até ao momento e seguimos por Baiona. Esta cidade pescatória, local em que muitas pessoas permanecem, é um ótimo lugar para descansarmos e vermos a povoação local. 

 

Daqui podemos escolher que rota tomar. Se vamos a ver o mar, encostados às praias, ou se seguimos em direção por dentro.  Saians é uma excelente opção para terminar o dia, já que as pessoas deste bairro são dinâmicas e têm frequentes eventos em que todos os peregrinos são bem vindos. 

Saída:

Chegada:

Onde comer

Onde Dormir

Porto-Vairão: Itinerário

A: Porto Mougas 

Aqui todo o percurso é feito perto de estradas em que passam carros diariamente. Por isso, é preciso extrema atenção. Para nos irmos esquecendo desse facto, podemos observar ao longe a curvatura da montanhas com um farol escondido entre elas.

B: Espaço de água 

Após uma subida, das mais altas de todo o percurso até aqui, vem agora uma das descidas e subidas até Baiona. Tivemos a oportunidade de ver o mar a conhecer a terra de longe e agora aqui estamos, numa pequena aldeia daquelas típicas do Caminho de Santiago. Tempo para descansar e ler nas tabuletas algumas factos sobre o espaço onde estamos.

C: Monte Alto Miradoiro 

Tal como o nome indica, após mais um espaço para observarmos o percurso que ainda temos pela frente. Com bancos disponíveis, este espaço ao lado da estrada, dá-nos a perspectiva do que ainda falta e do que está por vir. 

D: Baiona 

Baiona vem após uma descida íngreme e recebe-nos como verdadeiros exploradores. Somos cumprimentados com uma localidade dinâmica com uma população que se mexe e, ao mesmo tampo, mantém os seus grandes monumentos. Com igrejas imperdíveis e o monumental castelo Monterreal, este sítio portuário é indicado para os que já estão cansado e preferem uma etapa menos cansativa.

E: Saians

Saians é espaço para o descanso do dia. Esta civilização pode ser perdida se não estivermos atentos às tabuletas que dizem “Albergue” pelo caminho, pois fica a um desvio 50 metros do caminho real. No entanto, o espaço de apoio ao peregrino é feito pelos associação de moradores que nos dão tudo o que precisamos para descansar. 

Porto Mougás-Saians: Mapa

Perguntas Peregrinas.

A partir da Sé do Porto não me perco?

Em princípio não! As setas amarelas estão bem identificadas no chão. Se por acaso estiveres na dúvida basta olhar em volta e ver em que direção os restantes caminheiros estão a ir. Outra ideia é perguntar a alguém como ir em direção à igreja do Carvalhido. 

É seguro fazer o caminho sem companhia?

Os incidentes tendem a ser mínimos e muitas pessoas fazem o caminho sozinhas. No entanto, a segurança pode ser subjetiva. Muitos caminheiros fazem o caminho, por isso, em caso de receio podes sempre pedir ajuda. 

Depois deste troço, há mais natureza?

Esta é a etapa mais urbana do percurso português. À entrada de Vairão é notável a diferença de paisagem natural.