Subscrever a Newsletter
Subscrever a Newsletter
Nome*
Email*
* Concordo com os Termos de Utilização e Privacidade.
Please agree to all the terms and conditions before proceeding to the next step
Save To Wish List

Adding item to wishlist requires an account

1825

Etapa 8: Pontevedra-Caldas de Reis

  • 5 horas
  • Quilómetros
    21 km
  • Florestal
  • 1
  • 288 m

A etapa Pontevedra – Caldas de Reis é uma jornada agradável, sem grandes dificuldades. Após a despedida pela Ponte do Burgo, a travessia torna-se simples, sem elevações de registo e com uma excelente colheita de igrejas e outros monumentos religiosos.
As videiras circundam as casas e acompanham-nos ao longo do percurso que,  pela sua humildade, nos dá tempo e vontade de aproveitar cada passo. Antes do reencontro com a estrada N-550, temos uma zona de cascatas. É um pequeno desvio que vale o tempo. 
Depois, rapidamente, estamos em Caldas de Reis. Somos cumprimentados com uma povoação suave e um centro de vila em que apetece descansar e ponderar o caminho até aqui percorrido. 

Saída:

Chegada:

Onde comer

Onde Dormir

Pontevedra-Caldas de Reis: Itinerário

A: Pontevedra

Pontevedra pela manhã tem um certo enquanto. Ao palmilhar o caminho que nos leva até à ponte de Burgos podemos ver muitos monumentos de iconografia religiosa como a Capela da Virgem Peregrina, que ocupa o centro da Praça Peregrina.  

B: Millario

Este é o segundo marco romano que se encontra no Caminho. Ao seu lado há um banco para descansar e é a partir daqui que saímos da zona de estrada e mais urbana para entrar por inteiro nos bosques. 

C: Cascatas

A 4 quilómetros da chegada a Caldas de Reis há um pequeno desvio que muitos peregrinos evitam ou não reparam que existe. Quando conseguires ver uma placa na estrada a dizer “Santiago- 40”, atravessa, como muito cuidado,  e segue sempre em frente. Podes refrescar-te nas cascatas do rio Barosa.

D: Capela Santa Lúcia

Após a última reta pela estrada 550, na entrada à direita está uma pequena capela totalmente construída em pedra. Recupera forças nestes últimos quilómetros antes da chegada a Caldas de Reis.

E: Caldas de Reis

O caminho até caldas de Reis faz-se por estradas em terra, ao lado das hortas dos habitantes. O grande pedaço de espaço verde é interrompido pela pequena povoação de Caldas de Reis. Basta atravessar a ponte. É tradição os peregrinos descansarem os pés nas termas ao lado da igreja. Depois de recuperado, aproveita para ir jantar no centro. A atmosfera de pequena aldeia é palpável e, por isso, é um momento de convívio entre os peregrinos. 

 

Pontevedra-Caldas de Reis: Mapa

Perguntas Peregrinas.

As fontes termais estão disponíveis para todos?

Sim! Em Caldas de Reis há duas fontes nas quais podes descansar. Estão abertas ao público e, principalmente, aos peregrinos. 

Pontevedra dá mesmo água a quem passa?

O lema da cidade é “Pontevedra dá de beber a quen pasa”. Por isso, toda a povoação tende a receber os visitantes com toda a hospitalidade.